Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Nota sobre Vacinação de Profissionais da Educação no Tocantins

Notícias

Nota sobre Vacinação de Profissionais da Educação no Tocantins

Imunização

Atenção aos cronogramas locais de vacinação
por publicado: 01/06/2021 17h25 última modificação: 01/06/2021 17h27

Diante do anúncio do Governo do Estado do Tocantins, que autorizou a vacinação para profissionais da Educação, entre 55 e 59 anos, o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) informa que, desde o começo deste ano, vem realizando tratativas juntos aos órgãos responsáveis acerca da vacinação, e que já repassou o quantitativo de servidores da Instituição para as Secretarias Municipais de Saúde das cidades onde estão situadas suas unidades. Ao todo, são 1.243 servidores efetivos, entre docentes e técnicos administrativos, e 281 servidores terceirizados, distribuídos nas 12 unidades do IFTO, localizados de norte a sul do Estado. 

Na capital Palmas, ao invés da faixa etária, a Prefeitura Municipal iniciou o agendamento da vacinação estabelecendo como prioridade o tipo de local de trabalho. No momento, a ordem de prioridade são profissionais de berçários, creches e pré-escolas. Os demais profissionais deverão aguardar novas etapas do agendamento, que poderá ser feito através deste link

Vale ressaltar que os municípios possuem autonomia para adotar estratégias específicas locais. Neste sentido, o IFTO recomenda aos seus servidores que fiquem atentos aos cronogramas locais de vacinação. Enfatiza ainda que serão repassadas, constantemente, aos servidores, através de seus canais de comunicação, as atualizações disponibilizadas pelos municípios. Para este público, é importante lembrar da necessidade da apresentação de documentos pessoais e comprovante de vínculo com a Instituição, como o contracheque.