Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Secretário do MEC fala sobre cenário para 2020

Notícias

Secretário do MEC fala sobre cenário para 2020

Perspectivas

Além disso, ele participou de reunião para fortalecimento de parcerias
por Maiara Sobral publicado: 10/12/2019 08h23 última modificação: 10/12/2019 08h27

O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), Ariosto Antunes Culau, esteve no Instituto Federal do Tocantins (IFTO) durante a última segunda-feira, 9.

Na ocasião, os gestores da instituição e representante do Diretório Central dos Estudantes (DCE) fizeram uma breve apresentação dos avanços nos últimos dois anos e desafios para 2020. O reitor Antonio da Luz Júnior reforçou que o IFTO além de ser uma instituição de ensino, "é uma instituição indutora de desenvolvimento regional".

O secretário destacou que "a visualização do que realmente ocorre na fonte, facilita a implementação de soluções por parte da Setec". Nesse sentido, ele fez o compromisso de disponibilizar R$ 3 milhões de reais, para a modernização dos laboratórios do IFTO, que foi uma das demandas apresentas pelos diretores das unidades.

Quanto ao Programa Future-se, ele falou que uma nova proposta, desenvolvida por um grupo de trabalho formado por servidores da Educação, será apresentada nos próximos dias, para consulta pública. Ele lembrou ainda que esse é um Projeto de Lei (PL) e passará por uma tramitação dentro do Congresso Nacional, até sua aprovação. Além disso, ele disse que cada instituição terá autonomia para decidir sobre a adesão ao programa.

No que diz respeito ao Empreendedorismo e Inovação, ele antecipou que ainda esse ano, a Setec/MEC divulgará editais próprios para fomento dessas áreas na Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. 

Sobre o orçamento para 2020, o secretário assegurou que a liberação será feita no mesmo volume que em 2019, com relação à Assistência Estudantil, ele disse que serão feitos estudos, para correção do auxílio nos Estados, segundo suas especificidades, como por exemplo: dificuldade no transporte. 

Parcerias   

Em seguida à apresentação, o secretário e o reitor estiveram reunidos com representantes da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (SEDUC/TO), Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

Durante esse momento, os presentes discutiram a oferta de cursos por meio do Centro de Referência de Educação a Distância do IFTO, que em 2020, pretende ofertar 10 mil vagas de cursos técnicos, por todo o Tocantins, via essa modalidade de ensino.