Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Representantes do IFTO participam de debate sobre educação empreendedora

Notícias

Representantes do IFTO participam de debate sobre educação empreendedora

Formação

O encontro reuniu representantes de instituições de ensino superior da região central do Estado
por Thâmara Filgueiras publicado: 10/10/2016 14h15 última modificação: 26/10/2016 12h18

O empreendedorismo é uma alternativa para contornar a crise econômica, e muitos cursos têm buscado explorar e incentivar essa ideia nos profissionais em formação. No Instituto Federal do Tocantins (IFTO) o empreendedorismo é uma questão central, e para falar sobre essa vocação, docentes do Instituto participaram do Simpósio de Educação Empreendedora, que reuniu representantes de diversas instituições de ensino superior (IES) da região central do Estado. 

O encontro aconteceu neste sábado, 8, na sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em Palmas. Entre as palestras estava a da professora e diretora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do IFTO, Erna Denzin, que falou sobre a educação empreendedora na Finlândia, experiência que adquiriu a partir de um intercâmbio realizado no primeiro semestre deste ano. “A ideia é que os estudantes vejam o empreender como uma opção de sua formação, pois nós entendemos que é a partir do empreendedorismo e da inovação que se desenvolve uma região”, destacou Erna. 

De acordo com a pró-reitora de Extensão do IFTO, Paula Karini Amorim, a contrapartida das instituições de ensino é promover o engajamento de professores, gestores públicos e coordenadores de curso no empreendedorismo. “Um dos princípios do empreendedorismo é justamente trabalhar junto, e a ideia é realizar um trabalho articulado, unindo as forças, o que cada instituição tem de limite e de potencialidade”, explicou a pró-reitora, que também é docente da área. 

Além do simpósio, também serão realizados outros dois eventos de maior porte abordando essa mesma temática: um fórum e um seminário. Os eventos serão realizados em Palmas, Araguaína e Gurupi, a fim de reunir representantes dessas três regiões.