Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Projeto de extensão incentiva produção científica entre alunos do ensino fundamental

Notícias

Projeto de extensão incentiva produção científica entre alunos do ensino fundamental

Campus Araguatins

Estudantes dos cursos de licenciatura do campus trabalham com alunos do ensino fundamental na elaboração de projetos científicos embasados nas normas da ABNT
por publicado: 11/04/2017 16h42 última modificação: 11/04/2017 16h43
Colaboradores: Kelinne Guimarães
Por meio do projeto, equipe visa estimular estudantes do ensino fundamental a se interessarem pela pesquisa

Por meio do projeto, equipe visa estimular estudantes do ensino fundamental a se interessarem pela pesquisa

Com a intenção de proporcionar a formação integral de seus acadêmicos, o Campus Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), tem desenvolvido várias atividades extensivas, aproximando-se, assim, da comunidade e promovendo integração entre a teoria ministrada em sala de aula e a prática. Nessa perspectiva, foi implantado projeto de extensão “Desenvolvendo a interdisciplinaridade com a inserção de métodos científicos”.

O projeto é coordenado pela servidora Maristela Gonçalves. Ele está em execução desde fevereiro deste ano, com o objetivo de integrar professores e alunos por meio da interdisciplinaridade, desenvolvendo valores éticos, bem como a importância cultural e política em busca de sua identidade e cidadania através de uma pesquisa cujo resultado será a produção de um trabalho que introduza o aluno no universo científico.

Os participantes do projetos são alunos do ensino fundamental de segunda fase - do sexto ao nono anos - da Escola Arte de Crescer, do município de Araguatins, e acadêmicos dos cursos de licenciatura em Computação e em Ciências Biológicas do Campus Araguatins. Esses últimos atuam como orientadores dos alunos do ensino fundamental na elaboração de um projeto científico seguindo as normas da Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT).

Os projeto científicos produzidos pelos alunos serão apresentados em uma mostra científica, a ser realizada em outubro, com exposição de banners, maquetes, fotografias, documentários e todo material adquirido durante a captação de informações. O tema proposto para a mostra científica de 2017 é “Araguatins: seu tesouro é sua gente”.

Para a coordenadora do projeto, durante muito tempo o tema da pesquisa foi tratado como de exclusividade dos estudantes dos cursos superiores, sendo que, no ensino fundamental, quando se inicia a escolarização, pouca ênfase ou orientações vêm sendo disponibilizadas aos educandos quanto ao encaminhamento dos trabalhos de pesquisa escolar. "O que é um equívoco , tendo em vista que a pesquisa de campo aguça a criatividade, bem como estimula a maior participação dos alunos, oportunizando a eles construir novos conceitos sobre o tema proposto", completou Maristela.

O projeto pretende alcançar como resultado a melhoria na qualidade do ensino e habituar os alunos a pesquisar dentro de princípios e normas científicas, além da convivência com etnias e culturas diversas daquelas vividas cotidianamente por eles.