Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Participantes debatem atividades realizadas nas escolas parceiras

Notícias

Participantes debatem atividades realizadas nas escolas parceiras

Pibid

Reunião semestral tem como objetivo avaliar ações propostas e executadas nos sub-projetos
por Thâmara Filgueiras publicado: 08/05/2017 19h02 última modificação: 15/05/2017 16h50
Exibir carrossel de imagens Coordenadores de área apresentam resultados alcançados em sub-projetos

Coordenadores de área apresentam resultados alcançados em sub-projetos

Chegando à reta final, coordenadores gerais, coordenadores de área, supervisores e bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) avaliaram as ações propostas e realizadas  nos sub-projetos desenvolvidos nos cursos de licenciatura que integram o projeto guarda-chuva do programa realizado no Instituto Federal do Tocantins (IFTO). A reunião, que tem periodicidade semestral, aconteceu na Reitoria do IFTO, nesta sexta-feira, 5.

Na ocasião, os coordenadores de área de cada sub-projeto apresentaram as principais ações propostas e o que já foi realizado até aqui. De acordo com Sylmara Barreira, coordenadora de área do sub-projeto do curso de Letras, a ideia é fazer uma avaliação do projeto geral, tendo em vista que este se encerra em março de 2018. "Esse momento possibilita uma troca de experiências, pois uma atividade compartilhada pode dar um norte para outro projeto que ainda não colocou em prática alguma atividade proposta", explicou Sylmara, e acrescentou que esses encontros auxiliam na elaboração do relatório final do projeto, que deve ser entregue à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) no próximo ano.

A professora reforçou a importância do Pibid, pois envolve estudantes e professores de todos os cursos de licenciatura do país. "O programa é uma ajuda para a licenciatura, pois propicia o desenvolvimento da docência desde o primeiro período do aluno. Assim, o futuro docente não precisa esperar pelo estágio, ele já interage e vivencia a escola desde o começo da sua formação", completou.

Os professores do Campus Gurupi André Moura e Solange Matos coordenam o sub-projeto "Teatro: encenando o texto", que alia a Língua Portuguesa e o Teatro para trabalhar os conhecimentos durante a disciplina de Português. "Os estudantes assistem à aula de Português, e, a partir disso, eles fazem um trabalho interdisciplinar que é propor um trabalho artístico que vai contribuir para o trabalho do professor da sala", explicou Solange.

Para o estudante do 3º período do curso de Artes Cênicas Romário Cosme, desde o começo da sua participação no projeto até o seu ingresso em sala de aula houve uma dinamização do trabalho. "A professora regente cedeu uma aula chamada Alê - Apoio à Leitura e à Escrita - para que nós, bolsistas, possamos trabalhar melhor a docência, assumir realmente uma sala de aula. Isso tem me acrescentado bastante, pois consigo conciliar o que aprendo no curso com o fazer, com a docência", contou o estudante.

Layane Mara, estudante do 5º período de Computação do Campus Porto Nacional, ingressou há pouco menos de um mês no Pibid, e já está atuando em sala de aula. Para ela, a experiência tem sido positiva, pois foi a partir do projeto que ela passou a ter uma visão pela perspectiva do professor. "Eu só tinha a visão da sala de aula como aluna, então eu não tinha a visão de como se comportavam os alunos, como reger a turma", disse a estudante, e completou que participar do Pibid auxiliará em um melhor aproveitamento da disciplina de Estágio Supervisionado.

Durante a reunião, os participantes já começaram a debater a nova proposta de projeto geral do Pibid que deverá guiar as ações do programa no IFTO nos próximos quatro anos. Conforme explicou Sylmara, as diretrizes para o novo projeto do Pibid ainda não foram definidas pela Capes, mas a equipe já trabalha no tema a ser trabalhado.

Comissão de Avaliação do Pibid

Durante a reunião, os participantes escolheram os novos integrantes da Comissão de Avaliação do Pibid (CAP), que conta com um representante dos coordenadores de área, dos supervisores e dos bolsistas, além de um representante externo, normalmente indicado pela Pró-reitoria de Ensino.