Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Parceria beneficia comunidades indígenas com doação de máscaras de tecido

Notícias

Parceria beneficia comunidades indígenas com doação de máscaras de tecido

Combate à Covid

Iniciativa faz parte das ações do IFTO de enfrentamento ao novo coronavírus
por Mayana Matos publicado: 25/11/2020 21h20 última modificação: 25/11/2020 21h56

Desde o início da pandemia no país, o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) vem desenvolvendo diversos projetos e ações para o enfrentamento à Covid-19. Um destes projetos conta com o fomento da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica-SETEC, que prevê a produção de EPIs (máscaras, avental/jaleco) produtos de higiene e limpeza (sabão líquido, sabonete), ações educativas na comunidade interna e externa, entre outros.

Nesse sentido, a Pró-Reitoria de Extensão (Proex) distribuiu neste mês de outubro e novembro, o quantitativo de 1800 máscaras de tecido para as seguintes etnias indígenas aldeadas que residem no estado do Tocantins: Avá Canoeiro, Guarani, Canela de Tocantins, Apinajé, Funi-ô, Krahô, Karajá-Xambioá; Karajá-Santana, Xerente, Javaé, krahô kanela, Krahô da Takairá e Karajá da Ilha. 

Trata-se de uma parceria entre IFTO e o Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins (DSEI/TO), que é uma unidade gestora descentralizada do Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (SASISUS). 

As máscaras de tecido foram distribuídas pelo Distrito Sanitário Especial Indígena para os Pólos Base de Saúde Indígena e também para as Casas de Saúde Indígena, da seguinte forma: CASAI Araguaína - 100 Unidades; CASAI Gurupi - 100 Unidades; Polo Base Indígena de Itacajá - 400 unidades; Polo Base Indígena de Santa Fé do Araguaia - 200 unidades; Polo Base Indígena de Formoso do Araguaia - 400 unidades; Polo Base Indígena de Goiatins - 200 unidades e Polo Base Indígena de Tocantínia - 400 unidades.

Segundo a pró-reitora de Extensão,  Gabriela de Medeiros, a ação objetiva contribuir com a saúde dos indígenas. “Ao perceber o avanço da pandemia em áreas indígenas no Tocantins, nos mobilizamos para contribuir com o enfrentamento da Covid-19, promovendo melhoria das condições de vida. Ou seja, cumprimos com os objetivos institucionais da extensão no IFTO”, disse. 

Recentemente, a Proex enviou aos diretores das unidades do IFTO um ofício circular convidando-os para manifestação de interesse em contribuir com essa parceria. A manifestação pode ser também realizada por servidores através do e-mail: proex@ifto.edu.br.