Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Napne realiza I Ciclo de Palestras

Notícias

Napne realiza I Ciclo de Palestras

Inclusão

O evento acontece em comemoração ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência.
por Luciana Santal publicado: 20/09/2017 10h16 última modificação: 18/04/2018 09h22

O Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) do Campus Porto Nacional, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), realizou na quinta-feira, 21, em comemoração ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, o I Ciclo de Palestras sobre a temática. 

Para começar a programação da manhã, dois alunos fizeram um relato de suas experiências. O primeiro a falar foi Wilsey Barbosa, do curso de licenciatura em Computação, que contou que muitas pessoas não acreditaram que ele ia conseguir estudar. Falou dos desafios que enfrentou para chegar até a escola, como caminhar mais de um quilômetro todo dia por não ter transporte que o levasse. “Só cheguei onde estou, porque tive fé e força de vontade. Se você tiver perseverança, você pode chegar onde quiser. A força tem que estar dentro de si”, ressaltou Wisley. Para o aluno, a criação do Napne aumentou o apoio que ele recebe no campus.

A enfermeira Claudia Pacheco faz parte da equipe do Napne e atuou como mestre de cerimônias no evento. A partir da fala de Wilsey, ela lembrou que a força interior é importante para se construir o amor-próprio, que é um dos temas trabalhados no Setembro Amarelo, campanha de conscientização e prevenção ao suicídio.

O outro relato partiu da aluna Lorraine Cristina, que faz o curso técnico subsequente em Informática. Com a tradução da servidora Lelma Barbosa, ela falou sobre momentos que viveu nas escolas onde estudou, as dificuldades com a falta de intérpretes em sala de aula ou com os intérpretes sem proficiência em Libras. “A minha trajetória foi muito difícil, mas tive o apoio da minha família e não desisti de estudar porque, como quero um futuro melhor para mim, não quero perder as oportunidades”, enfatizou. Em sua fala, também contou sobre o suporte que recebeu quando chegou no Campus Porto Nacional. “Estou feliz aqui, tenho amigos e os professores e coordenadores sempre interagem comigo”.

Em seguida, o servidor Valdeir Mezencio Avelar ministrou uma palestra com o tema “Como vencer obstáculos”. Ele explicou que muitas pessoas podem não ter deficiência física, mas apresentam deficiência emocional e apontou alguns princípios que podem ser seguidos por quem procura conquistar uma independência emocional:

- descubra o que pode te fazer feliz;
- aprenda a criar pensamentos e sentimentos positivos;
- aumente sua autoestima;
- tenha segurança e confiança em suas decisões;
- tenha autocontrole e orientação em suas atividades;
- construa uma autoimagem positiva;
- desenvolva convicção e certeza de si mesmo;
- aprenda a controlar os pensamentos negativos;
- construa metas de superação.

A aluna do 1º ano do curso técnico em Meio Ambiente integrado ao ensino médio, Livânia Andrade, participou das atividades no turno matutino. Para ela, ações como o Ciclo de Palestras são importantes porque as pessoas com deficiência precisam falar sobre como se sentem no dia-a-dia, das dificuldades que enfrentam. “A sociedade, muitas vezes, nos vê como estranhos e essas ações ajudam a mostrar como nós gostaríamos de ser vistos”. Livânia ressaltou que a grande maioria dos seus colegas no IFTO são compreensivos com a sua situação e acredita que a estrutura do campus tem acessibilidade suficiente para que ela estude. E deu um conselho para aquelas pessoas com necessidades específicas que querem estudar na instituição: “aqui é um lugar onde você aprende a se adaptar e conhece pessoas que podem te entender”.

Para a coordenadora do Napne, Lelma Barbosa, o objetivo do evento é levar as pessoas a refletir sobre a inclusão e o respeito às pessoas com deficiência. As atividades continuram no período da noite, conforme programação abaixo:

Horário Título da palestraPalestrantes
8h30 Relatório de vivências

Wisley Barbosa e Lorrane Cristina

9h Como vencer obstáculos

Valdeir Mezencio Avelar

20h

Os desafios da Pessoa com deficiência na sociedade contemporânea

Euler Rui Barbosa Tavares

20h40 Relato de vivências

Wisley Barbosa e Lorrane Cristina