Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Manhã de atividades do Setembro Amarelo movimenta o Campus Araguaína

Notícias

Manhã de atividades do Setembro Amarelo movimenta o Campus Araguaína

publicado: 28/09/2017 14h30 última modificação: 28/09/2017 14h56

O Campus Araguaína, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), “amanheceu amarelo” no último dia 26. Cartazes, corações e roupas amarelas chamaram a atenção, isso porque foi realizada no campus uma manhã de atividades em alusão à Campanha Nacional Setembro Amarelo, que tem como objetivo conscientizar sobre a importância da prevenção ao suicídio.

A ação foi de iniciativa dos alunos do 2o módulo do Curso Técnico Subsequente de Enfermagem, que orientados pela professora Suellen Nóbrega, organizaram uma mesa-redonda e apresentações lúdicas envolvendo a temática da prevenção ao suicídio. Na oportunidade foram entregues aos presentes folders, que elencam como reconhecer os fatores de riscos e medidas a serem realizadas para tentar evitar que uma pessoa cometa suicídio.

As atividades iniciaram com a declamação do poema “Suicídio” de autoria de Manoel Guimarães Júnior, acompanhada de colegas segurando cartazes com frases de incentivo à vida. Em seguida, aconteceu uma mesa-redonda onde foram apresentadas as temáticas: ‘Fatores de risco para o suicídio’, apresentado pela psicóloga do Campus Araguaína/IFTO, Agda Rodrigues Santos; ‘Influência da mídia para o suicídio’, apresentado pelo psicólogo da UFT – Câmpus de Araguaína, Sid Alves da Costa Júnior; ‘Religiosidade/Espiritualidade: prevenção ao suicídio’, apresentados pela psicóloga da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Araguaína - APAE, Ana Márcia Lopes Lima Sales, do pastor Rogério Boniek Lopes Santana e da enfermeira do Centro de Reabilitação da APAE de Araguaína, Bethania da Silva Oliveira. Durante a mesa-redonda os presentes puderam direcionar perguntas e dúvidas aos palestrantes.

Ao final, houve uma apresentação teatral que emocionou os presentes ao relatar as dificuldades de uma pessoa em um momento de depressão, principal fator de risco que pode levar uma pessoa a cometer suicídio.

"Informar para prevenir", esse foi o lema adotado pelo campus para trabalhar a campanha. Segundo a coordenadora da ação, professora Suellen Nóbrega, a intenção foi mostrar para os nossos alunos e servidores que é possível prevenir o suicídio, desde que estejamos aptos a reconhecer os fatores de riscos presentes, e realizemos medidas para diminuir tais riscos”.

Acesse na Fan Page do Campus Araguaína/IFTO no Facebook as fotos do evento.