Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Líderes de grupos de pesquisa devem responder censo do CNPq

Notícias

Líderes de grupos de pesquisa devem responder censo do CNPq

Censo 2016

Recenseamento tem por objetivo fazer um balanço das atividades de pesquisa das instituições participantes
por Thâmara Filgueiras publicado: 25/10/2016 16h10 última modificação: 26/10/2016 12h33
Líderes de grupos de pesquisa devem atualizar informações

Líderes de grupos de pesquisa devem atualizar informações

Encerra na próxima sexta-feira, 28, o prazo para os líderes de grupos de pesquisa (GPs) responderem ao Censo do Diretório dos Grupos de Pesquisa 2016, realizado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O objetivo é atualizar os dados dos GPs, inserindo grupos novos e excluindo aqueles que estejam inativos.

De acordo com a diretoria de Pesquisa, Mariana Brito, o IFTO tem 52 grupos certificados, 3 não atualizados e 5 em preenchimento, distribuídos em todas as unidades do IFTO, totalizando 60 grupos de pesquisa. O recenseamento tem por objetivo fazer um balanço das atividades de pesquisa das instituições participantes. "O censo faz um retrato da instituição e, por este motivo, é importante que todos os líderes façam a atualização de seus grupos, preenchendo devidamente as informações solicitadas pela base de dados e, tentando, se possível, sanar os casos atípicos dos grupos", informou Mariana.

De acordo com informações do CNPq, somente os grupos certificados e atualizados participarão do censo. Por isso, a sugestão é que os líderes de grupos que necessitarão certificação (grupos novos e grupos que mudaram de liderança) façam o envio dos dados, no mínimo dois dias de antecedência do prazo de encerramento do Censo, garantindo uma margem de segurança para que os grupos possam ser certificados.

Clique aqui para acessar a página do CNPq e ver mais detalhes sobre o Censo 2016.