Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Importância da cultura indígena é discutida durante evento

Notícias

Importância da cultura indígena é discutida durante evento

Campus Araguatins

por publicado: 18/04/2017 17h37 última modificação: 18/04/2018 09h49

Consciente da importância dos povos indígenas para a construção da identidade brasileira, o Núcleo de Estudos Afro-brasileiro e Indígenas (Neabi) do Campus Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), promoveu, nesta segunda-feira, 17, o encerramento do projeto de extensão Semana dos Povos Indígenas 2017, realizado em parceira com as lideranças indígenas da aldeia Apinajé, situada no município de Tocantinópolis (TO).

A programação do evento contou com apresentação musical em Língua Brasileira de Sinais (Libras), demostração de ritual indígena, palestra, feira de artesanato, oficina de pintura corporal e mesa-redonda.

Para a coordenadora do evento e professora do Campus Araguatins Cássia Maria de Sousa, a atividade foi bastante positiva, pois permitiu a interação entre a comunidade indígena e os alunos da unidade, possibilitando uma aproximação com a herança cultural deixada pelos indígenas e a observação dos seus legados presentes no dia a dia por meio da sociedade.

Esse evento foi crucial para mim, pois, até então, eu não tinha essa experiência com a cultura indígena, que é muito importante, pois ela é a cultura do nosso país”, declarou Marcelo Oliveira, aluno do 1º ano do ensino médio integrado.

Na ocasião, a liderança da aldeia Apinajé Antônio Veríssimo Apinajé enfatizou a importância da integração dos alunos com a cultura indígena para seu processo de formação e respeito à diferença entre as etnias.

As atividades do projeto tiveram início no dia 27 de março, com visita técnica à comunidade indígena Apinajé e pesquisa, tendo como objetivo conhecer e debater as trajetórias de lutas, conquistas, impasses e cultura dos povos indígenas.

Mesa de honra

Fizeram parte da mesa de honra do encerramento o coordenador de extensão do Campus Araguatins Miguel Camargo; a coordenadora do evento e professora do Campus Araguatins Cássia Maria de Sousa; a liderança da aldeia Apinajé Antônio Veríssimo Apinajé e a pedagoga do quilombo Ilha de São Vicente Maria de Fátima Batista Barros.