Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO resgata prática do carrinho de rolimã na disciplina de Educação Física

Notícias

IFTO resgata prática do carrinho de rolimã na disciplina de Educação Física

"Rodas na Escola"

O projeto aborda práticas corporais de aventura com estudantes
por Mayana Matos publicado: 18/12/2019 10h00 última modificação: 19/12/2019 09h53

O Instituto Federal do Tocantins (IFTO) promoveu, na unidade de Paraíso do Tocantins, o projeto "Rodas na Escola", coordenado pela professora de Educação Física Ana Mariza Honorato da Silva. O projeto contou com a colaboração dos professores Isnara Peres Paiva  (Língua Portuguesa) e Jarles Oliveira Silva Neto (Matemática). 

Em relação as datas o projeto teve início dia 04/11/19  e terminou dia 15/12 com a corrida de carrinho de rolimã. 

O projeto “Rodas na Escola” foi desenvolvido pela disciplina de Educação Física para o trabalho do conteúdo curricular “Práticas Corporais de Aventura” no 1º ano do curso técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio da unidade de Paraíso do Tocantins. Norteado pela concepção do Currículo Cultural da Educação Física, a iniciativa propôs o desenvolvimento de situações didáticas interdisciplinar como o objetivo de resgate à prática do carrinho de rolimã e possibilitar sua ressignificação na sociedade contemporânea.

"Baseada nos princípios éticos-políticos, traz para discussão o processo de construção histórico-sociais desta prática corporal, possibilitando a construção de valores e atitudes de cooperação, trabalho em equipe, espírito esportivo e democratização do esporte e lazer como direito do cidadão", ressaltou a professora Ana Mariza Honorato da Silva. 

projeto "Rodas na Escola“ é vinculado ao programa de mestrado ProfEPT do IFTO. A coordenadora Ana Mariza Honorato é mestranda no programa e tem como orientadora a professora Mary Lúcia Gomes Silveira de Senna. 

As ações foram organizadas em duas etapas:

1ª etapa: Skate -Prática corporal de Aventura (PCA) carregada de sentidos e significados.

Temas abordados: Desafios para implementação do skate no Brasil na década de 60; Estereótipos construindo na sociedade desde de sua origem até os dias atuais; Ascenção a categoria de esporte/ desenvolvimento tecnológico/ Esporte como mercadoria. Para estreitar a relação teoria e prática, foi realizada uma visita técnica ao Parque Cesamar, na capital Palmas, ocasião em que os estudantes vivenciaram a prática do skate, seguido de uma roda de discussão abordando os temas trabalhados em sala de aula.

2ª Etapa – Ressignificação da Prática do carrinho de rolimã

Temas abordados: Resgate histórico da prática do carrinho de rolimã; Características do esporte institucionalizado/ estruturação de um campeonato esportivo. Nesta etapa, foi realizada oficina de produção de narrativas digitais como um trabalho interdisciplinar entre as disciplinas de Educação Física, Língua Portuguesa e Comunicação Visual e Edição Gráfica, sendo resgatada as memórias dos praticantes de carrinho de rolimã na década de 80 e 90.

Para ressignificação da prática de carrinho de rolimã, a professora Ana Mariza Honorato elaborou, com os estudantes, a realização de uma competição esportiva, sendo para isso necessária a padronização das medidas dos carrinhos e categorias de disputa, o que possibilitou igualdade de disputa entre as equipes. A disciplina de Matemática foi responsável por realizar a produção do projeto de construção do carrinho e considerando o peso dos alunos e determinar as categorias de disputa.

"Com objetivo de relacionar a teoria à prática, a turma foi organizada em seis grupos, sendo que cinco grupos assumiram o papel de equipe competidora e um grupo de comissão organizado. Desta forma os alunos foram levados a vivenciarem como é estruturado uma competição esportiva, a importância de um regulamento de competição e o mais importante propiciar o desenvolvimento de valores como: trabalho em equipe, disciplina, solidariedade e espírito esportivo", explicou a coordenadora do projeto. 

Avaliação das atividades

De acordo com os envolvidos nas atividades, com o objetivo de avaliar cada etapa do projeto, os estudantes produziram relatos de experiência com recursos áudio visual e disponibilizados via Google, em sala de aula, ao final de cada etapa do processo. Estes relatos e os resultado da pesquisa: "A disciplina de Educação Física como propulsora do trabalho interdisciplinar: a tematização do carrinho de rolimã como prática corporal de aventura na escola", fará parte do documentário “Rodas na escola” disponibilizado como recurso didático aos professores de Educação Física. O propósito é de de contribuir significativamente nas discussões entorno do ensino da Educação Física na Educação Profissional e Tecnológica de Nível Médio frente o desafio da formação integral do estudante.

Equipes competidora

X-Force: Vitor Veloso, Erick Jose, Guilherme Henrique, Gustavo Oliveira e João Pedro Rodrigo

Rolimã Wheels: BrunaSamuelHenriqueCarlosHellen e Ana Carolina

Katiau: Maria Fernanda, Yasmin Messias, Geovanna Borges, Geovanna Nascimento, Paulo e Marlon

X-Carote: Gustavo CostaOtávio HenriqueMariana MarçallThiago OliveiraGabriel Magid e Gabriel Moraes

Pikachu Móvel: Guilherme Freire, João Vitor, João Pedro Dias, Jéssica, Gabriel Lucas

Comissão organizadora: Ana Flavia, Lorrany , Thallyta , Andres e Sthephany

Relatos dos estudantes:

Visita técnica Cesamar

Estudante Bruna Carvalho, acessível aqui.

Estudante Geovanna Borges Araújo, acessível aqui

Narrativa Digital: acessível aqui

Construção do carrinho de rolimã: acessível aqui

(Com a colaboração da organização)