Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO recebe estudantes calouros e veteranos na unidade de Gurupi

Notícias

IFTO recebe estudantes calouros e veteranos na unidade de Gurupi

Sejam bem-vindos!

Recepção foi marcada por momentos culturais, orientações e rodas de conversa
por Mayana Matos publicado: 29/01/2020 12h00 última modificação: 29/01/2020 13h39

Com a colaboração de Weberson Dias

A unidade de Gurupi, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), iniciou nesta segunda-feira, 27, o IFTO em Ação, evento que ocorre a cada início de ano/semestre letivo, realizado para recepcionar os estudantes calouros e veteranos. Durante o dia, a programação foi voltada para os estudantes dos cursos técnicos integrado ao ensino médio e curso de graduação em Engenharia Civil. Já no período noturno, aos estudantes dos demais cursos de graduação. 

Diretores, gerentes, coordenadores, professores e técnicos-administrativos iniciaram os trabalhos com uma apresentação geral da unidade. O momento de abertura contou com a apresentação musical da estudante Anna Nyvia. Ainda pela manhã, uma roda de conversa sobre engajamento jovem e o plano de carreira na contemporaneidade foi conduzida pelos professores José Jayme e Cristiano Rodrigues e os discentes Alana Carvalho, André Luis, Juliana Rezende, Luiz Carlos Luz e Milton Queiroz. Na sequência, para fechar a programação matutina, a professora Adelma Ferreira de Souza e sua equipe de pesquisadores, os estudantes Glaucyo Ramos e Laura Lima, apresentaram os trabalhos do Grupo de Estudos e Pesquisa em Gênero, Juventude e Etnicidade – Ubuntu. Em seguida, foi a vez dos estudantes Laura de Souza Lima, Maria Vitória Padilha de Siqueira e Gustavo da Silvado apresentarem o Projeto Guardiões. 

De acordo com o estudante Wilian Santana, 15 anos, aprovado no ensino médio integrado ao curso de Edificações, o atual ciclo converge em buscar mais conhecimento: “Que aqui nessa caminhada, eu cresça junto com meus colegas”, desejou ele.

A programação do período vespertino contou com a apresentação teatral ImproMédio. Em seguida, foi realizado bate-papo com o tema: "Educação sexual e prevenção da gravidez na adolescência, com a enfermeira Caroline Pittelkou Schimidt. 

Claís Teixeira, 18 anos, aprovada no curso de Engenharia Civil, disse estar ansiosa para dar continuidade aos estudos, além disso, segundo ela, é a primeira da família a fazer uma faculdade de engenharia, graças ao apoio de sua irmã e seu namorado. “Estou numa expectativa enorme, porque era uma coisa que eu desejava muito. Não apenas eu, mas minha família toda está orgulhosa e feliz com essa conquista. Quero me envolver e participar de tudo. Estudar muito e entrar de corpo e alma na Universidade, pois sei que se tivermos estudo, temos tudo!”, disse ela, com sorriso estampado no rosto. 

No momento seguinte, as normas do IFTO foram apresentadas pela professora Milene Queta e os estudantes receberam dos assistentes de alunos os livros a serem utilizados ao longo do ano letivo. 

No período noturno, os calouros prestigiaram as apresentações musicais e teatrais dos estudantes Rayssa Alves e Wellington Rabelo. Mais uma vez, a equipe de gestores, professores e técnicos-administrativos realizaram a apresentação dos setores e suas atribuições. Os novatos do turno noturno também tiveram a oportunidade de participar da roda de conversa sobre engajamento jovem e o plano de carreira na contemporaneidade. 

Ao final da programação, com o auxílio da intérprete de Libras da unidade, Suelene Albuquerque, a estudante surda Beatriz de Sousa Ribeiro, de 21 anos, natural de Formoso do Araguaia, disse que está com uma expectativa positiva para o início do curso de Operador de Computador, do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), no qual foi aprovada. “O curso vai ser bom pra mim. Quero me capacitar e sei que vou agarrar todas as oportunidades, para, no futuro, conseguir um emprego e atingir meus objetivos”, finalizou.

Monitores e responsáveis de setor, bem como integrantes do Projeto Guardiões, guiaram a visita dos estudantes por toda a unidade.