Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO e Prefeitura firmam acordo para revitalização dos telecentros em Dianópolis

Notícias

IFTO e Prefeitura firmam acordo para revitalização dos telecentros em Dianópolis

Parceria

Três unidades serão reformadas e reativadas na cidade
por Maiara Sobral publicado: 22/03/2019 15h00 última modificação: 22/03/2019 15h03
Exibir carrossel de imagens Assinatura de convênio em Dianópolis

Assinatura de convênio em Dianópolis

Com o objetivo de manter três telecentros em funcionamento, em Dianópolis, na quinta-feira, 21, o diretor-geral do Campus Dianópolis Pietro Lopes Rego e o prefeito da cidade Padre Gleibson Moreira assinaram uma parceria para reforma e reativação das unidades.

O acordo prevê a reforma do centro de inclusão digital da Praça do Coreto e a reativação dos Telecentros dos setores Santa Luzia e Nova Cidade, com o Linux e Linux-Vinux para pessoas com deficiência, conforme a Lei 13.146/2015.

O projeto será coordenado pelos professores Wilmar Borges e Andrea Proto. Eles participarão da implantação de softwares livres nos telecentros juntamente com os discentes do 3º período do curso de Licenciatura em Comunicação do Instituto. 

Para o prefeito Padre Gleibson, a parceria é bastante frutífera à comunidade em geral. “A reativação contribuirá para que os cidadãos dessas comunidades carentes tenham acesso de qualidade à internet e possam se desenvolver como pessoas e profissionais. O treinamento que será dado – de utilização do Linux e suas ferramentas – será um diferencial. Estamos felizes e empolgados.”

O diretor Pietro reiterou a fala do prefeito e ressaltou a contribuição do projeto para o curso de Licenciatura em Computação: “Nossos estudantes irão se desenvolver como profissionais, irão aprender a dar aulas e para além disso, serão responsáveis pelo desenvolvimento social da região. O sentimento de responsabilidade social é salutar para a carreira profissional.”

O único telecentro em funcionamento atualmente na cidade fica localizado na Praça do Coreto. Atualmente são mais de 600 acessos mensais e mais de 7 mil acessos por ano. A previsão é que esse número aumente após a reforma. A prefeitura estipula que os três telecentros ativos tenham em torno de 25 mil acessos todo ano. O acordo foi assinado no auditório do Instituto Federal e começa a vigorar a partir da data de sua publicação. (Com colaboração de Filipe Borges)