Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFTO e BRK: parceria com curso de Libras chega à Araguaína

Notícias

IFTO e BRK: parceria com curso de Libras chega à Araguaína

Formação

Objetivo é promover inclusão e acessibilidade à comunidade surda
por Mayana Matos publicado: 14/02/2019 14h00 última modificação: 14/02/2019 14h59

Um momento de muito orgulho! Este foi o sentimento do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), durante a aula inaugural do curso de Libras, iniciado nesta terça-feira, 12, na unidade de Araguaína, em parceria com a BRK Ambiental. O objetivo é capacitar atendentes da concessionária de água de modo a oferecer inclusão e acessibilidade a pessoas surdas. 

Durante a aula inaugural, o reitor do IFTO, Antonio da Luz Júnior, enfatizou o empenho dos profissionais envolvidos, parabenizou os cursistas e destacou a importância das parcerias para o bem da comunidade. "É uma grande satisfação estar aqui e participar desse momento histórico na comunidade de Araguaína. Quero reforçar para vocês, estudantes, que irão participar desse curso, que essa é uma ação de responsabilidade nossa enquanto instituição pública. Reforço que ninguém aqui está recebendo nenhum centavo a mais, além do seu salário, para auxiliar nesse projeto. Peço que vocês valorizem ainda mais essa formação. Esse projeto é uma ação de transformação da nossa comunidade. Através dessa formação e, de outras que virão, nós estaremos verdadeiramente abrindo espaço para incluirmos todas as pessoas", disse, lembrando da iniciativa, em outras parcerias já existentes, para a impressão em braile de faturas, de modo a atender pessoas com deficiência visual. "Parabéns à BRK que nos despertou para essa atividade e, a partir desse exemplo, outras empresas têm nos buscado para realizarmos ações que venham auxiliar cada vez mais a população", ressaltou o reitor. 

O diretor-geral do Campus Araguaína, Cristiano Fernandes Mateus, agradeceu o envolvimento de todos no projeto. "Sabemos que tem muito a ser feito, mas já é um começo, uma construção. Hoje é um dia de muita satisfação porque estamos dando um salto, pela primeira vez fazer uma ação desse tipo. Quero agradecer os parceiros da BRK e parabenizar também aos nossos inscritos. Desejo que aproveitem essa oportunidade e pensem que, através desse curso, vão ajudar outras pessoas à se incluirem na sociedade. Estamos à disposição e estamos  aqui para servir vocês", afirmou. 

A pró-reitora de Extensão, Gabriela Medeiros, relembrou os primeiros passos na concretização do projeto e agradeceu pela parceria de todos os envolvidos. "Em nome da Pró-reitoria de Extensão quero dizer que para nós, é uma satisfação. Dizer que esse projeto é fruto de uma parceria com a BRK, mas principalmente fruto de uma parceria com os intérpretes de Libras, visto que, se não tivessem aceitado ou nos provocados, nós, talvez, não teríamos atentado à urgência dessa demanda. Nosso muito obrigada. Parabéns a vocês que estão começando o curso, desejo que vocês façam uma excelente capacitação. Juntos, estamos incluindo: os surdos no nosso mundo e nós nos incluindo no mundo deles. Nosso papel se cumpre dessa forma", declarou. 

IMG_9448.JPG

Na ocasião, o coordenador do curso de extensão básico de Libras da unidade de Araguaína, Everson Rodolfo Prais Ramos, ressaltou a importância da formação para a inclusão de pessoas surdas. "Esse momento é de valorizar a Libras. No Brasil a comunidade é pequena e sofre bastante por causa do preconceito. Esse momento de hoje nos causa muita felicidade porque nós do IFTO e, todos vocês, estamos lutando, juntos, para apoiar a população surda, que mais do que valorizada, está sendo vista. Quero parabenizar também a BRK pela iniciativa, por essa sensibilidade que nos deixa muito feliz. E parabenizar ao IFTO e todos os envolvidos que nos apoiam nesse projeto de extensão" disse desejando boas-vindas aos cursistas. Além dos intérpretes, a turma terá contanto direto também com uma professora surda. Segundo Everton, esse contato direto com uma professora surda, com a língua deles, é bastante positivo durante a formação. 

BRK Ambiental

Para Hermes Bandeira Brito, que no ato representou o gerente regional do Polo Araguaína da BRK Ambiental, Lineu Machado, a parceria é muito bem recebida pela empresa.  "Veio em um momento de grande valia porque vai possibilitar a todos nós, que lidamos com o usuário, a atender não somente aqueles que a gente consegue conversar, se comunicar, mas fazer com a gente chegue também na comunidade surda e, poder explicar para eles, por exemplo, o valor de uma conta de água, de um débito, um simples atendimento. Para nós é também motivo de melhorarmos nossa qualidade na prestação dos serviços. Essa qualidade tem que chegar a todo o público, a toda a comunidade de Araguaína. O benefício desse curso não é só para a vida profissional, é também para a vida pessoal, para vida toda. Estamos todos bastante motivados e agradecidos", afirmou. 

IMG_9487.JPG

Palestra com professora surda e relatos

O público prestigiou ainda a palestra "Importância da comunicação de Libras na comunidade surda", conduzida pela professora  Stefânia Steves da Silva Sena. A professora é surda  e ministrou a palestra em Libras, tendo a tradução conduzida pelo coordenado do curso Everson Ramos. O momento contou ainda com a apresentação cultural em Libras da música "Aquarela", conduzida pela tradutora intérprete de Libras, Isabela Marinho Menezes. Na ocasião também foi realizada apresentação de experiências "Impactos do curso de Libras na comunidade surda: primeiros caminhos da parceria entre o IFTO e a BRK", conduzida pela tradutora intérprete de Libras Alini Albuquerque Alves, do Campus Palmas.