Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Fases do desenvolvimento humano são discutidas durante mostra de Psicologia da Educação

Notícias

Fases do desenvolvimento humano são discutidas durante mostra de Psicologia da Educação

Aprendizagem

Atividade foi realizada no dia 10 de outubro
por Kelinne Guimarães publicado: 14/10/2019 13h37 última modificação: 14/10/2019 14h05

Na quinta-feira, 10, os acadêmicos das licenciaturas em Ciências Biológicas e Computação da unidade Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), promoveram a IV Mostra de Psicologia da Educação, no auditório Pioneiros, a partir das 19 h. A ação foi coordenada pela professora do IFTO, Quitéria Alcântara, e teve como tema: “Caminhos da aprendizagem, uma visão integrada sobre o desenvolvimento humano e aprendizagem”. Na ocasião, foram discutidas as principais fases do desenvolvimento humano, nos aspectos: físico, cognitivo e sua interferência na aprendizagem.

Durante o evento, foi ministrada a palestra: “Ser universitário: podemos conversar”, pela acadêmica Helisana Barros Santos. Além disso, o público presente teve a oportunidade de visitar a exposição de estandes e painéis sobre as fases do desenvolvimento humano e assistir a apresentações culturais.

“A Mostra de Psicologia da Educação é um ótima experiência para nós que fazemos licenciatura, porque temos a oportunidade de conhecer cada fase do público que trabalharemos em sala de aula”, destacou a acadêmica do curso de licenciatura em Ciências Biológicas, Bruna Caroline.

Já a coordenadora da Mostra, professora Quitéria Alcântara, afirma que o evento atendeu às expectativas, pois além de favorecer um trabalho interativo entre acadêmicos de Licenciatura em Ciências Biológicas e em Computação, envolvidos diretamente em pesquisas sobre o tema, todos os participantes conseguiram relacionar as discussões teóricas com a realidade vivenciada em espaços escolares e familiares das etapas de desenvolvimento investigadas
A professora enfatiza, ainda, que os estudantes mostraram-se conscientes que o papel do docente é muito mais que repassar conteúdos, “é conhecer a realidade para melhor atuar sobre ela, é trabalhar as competências socioemocionais como parâmetros para o desenvolvimento das demais habilidades humanas”, finalizou a professora Quitéria.

Vale destacar que a IV Mostra de Psicologia da Educação  trouxe uma proposta intercurso e interdisciplinar, com a finalidade de socializar conhecimentos sobre os estágios do desenvolvimento humano e o processo da aprendizagem, visando  a prática pedagógica articulada com os saberes construídos cientificamente.

Fotos do evento