Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes do IFTO representarão o Tocantins em etapa nacional

Notícias

Estudantes do IFTO representarão o Tocantins em etapa nacional

OBI

Fase 3 da Olimpíada Brasileira de Informática será realizada em agosto
por Thâmara Filgueiras publicado: 10/07/2017 18h33 última modificação: 12/07/2017 14h09

Três estudantes IFTO representarão o Tocantins na etapa nacional da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI 2017). Os estudantes selecionados na segunda fase agora deverão se preparar para a etapa final da competição, que será realizada no dia 19 de agosto.

Os estudantes Jonathan Miguel Ribeiro, do Campus Colinas do Tocantins, Joaquim Flávio Almeida Quirino Gomes, do Campus Dianópolis, e Jonas de Sousa Marinho, do Campus Porto Nacional, vão competir na modalidade Programação Nível 2, voltada para estudantes que estejam cursando até o terceiro ano do ensino médio.

A prova da modalidade Programação é composta de tarefas de programação com níveis variados de dificuldade: há tarefas mais fáceis, em que um conhecimento mínimo de programação é suficiente, e algumas tarefas mais difíceis, que exigem um conhecimento um pouco mais avançado de programação, com noções de estruturas de dados, em um nível normalmente ensinado em bons colégios técnicos, ou no primeiro ano de cursos superiores de computação ou engenharia.

No Campus Colinas do Tocantins, os estudantes são motivados a conhecerem mais sobre a programação e a participarem de eventos como a OBI por meio do projeto “Treinamento e suporte às técnicas de programação”, coordenado pela professora Ana Paula Guimarães e supervisionado pelo professor Gelson André Schneider. 

“Conhecer as Tecnologias da Informação, e mais especialmente a programação, é muito relevante para o ensino profissionalizante, pois, além do conhecimento técnico, os estudantes poderão, no envolvimento com a pesquisa, promover melhorias para a sociedade”, ressaltou a professora Ana Paula.

Todos os estudantes que competem na OBI recebem certificado de participação, e os melhores de cada nível também ganham medalhas. Além disso, os melhores colocados de cada modalidade serão convidados para uma semana de cursos no Instituto de Computação da Universidade de Campinas (Unicamp).