Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes de Gestão em Turismo conhecem potenciais turísticos de Lagoa da Confusão

Notícias

Estudantes de Gestão em Turismo conhecem potenciais turísticos de Lagoa da Confusão

Visita técnica

Eles realizaram atividades práticas que resultarão na construção de importantes documentos para o turismo local
por Thâmara Filgueiras publicado: 10/02/2017 17h01 última modificação: 10/02/2017 17h01
Exibir carrossel de imagens Estudantes conhecem fauna e flora de Lagoa da Confusão

Estudantes conhecem fauna e flora de Lagoa da Confusão

A fim de aliar o conhecimento teórico obtido em sala de aula com a prática exigida pelo mercado, professores do curso superior de tecnologia de Gestão em Turismo do Campus Palmas coordenaram a visita de um grupo de estudantes ao município de Lagoa da Confusão, um importante polo turístico do Tocantins.

Durante a visita técnica, os estudantes puderam conhecer melhor os potenciais turísticos do município, compreendidos pela riqueza da fauna e da flora e da cultura da população local, além da possibilidade de coexistência entre agricultura e turismo em prol do desenvolvimento da região de forma equilibrada. Entre os pontos que se destacaram, estão a visita à Ilha do Bananal, maior ilha fluvial do mundo, e a aldeias do povo Javaé. Os estudantes também tiveram a oportunidade de debater com autoridades e representantes das empresas de turismo locais.

O resultado final deste trabalho será a elaboração de dois importantes documentos para a gestão do turismo: o Plano de Desenvolvimento Turístico Municipal e a Política Pública de Turismo Municipal. “Colocar conceitos e métodos analisados em sala de aula em prática colaborou, e muito, com o nosso aprendizado. Para a elaboração de um documento como o Plano de Desenvolvimento Turístico, que é importante para a nossa área, a visita técnica é um método eficaz”, disse a estudante Carla Silva.

A visita técnica integra conteúdo das disciplinas Planejamento Turístico, Políticas Públicas em Turismo e Estatística, ministradas, respectivamente, pelos professores Veruska Dutra, Jaimile Cunha e Cesar Zica. “A realização de visitas técnicas é de suma importância para que os alunos compreendam a complexidade do turismo com todas as suas interfaces. São aspectos que, por mais que façamos discussões em sala de aula, só podem ser percebidos em campo, no contato com a realidade dos lugares” disse a professora Jaimile.

Para Veruska, a atividade “é mais que a simulação de elaboração de documentos; é um exercício real de mudança de saberes e olhares sobre os polos de turismo do Tocantins e uma contribuição para um mercado turístico em formação”.

Os dois documentos serão apresentados para autoridades locais e representantes do turismo do município em uma solenidade prevista para acontecer no dia 2 de março, a partir das 19 horas, no Campus Palmas. Na ocasião, Jaimile também fará uma exposição de fotos que ilustram a fauna e a flora locais.