Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudantes de Engenharia Elétrica são campeões na Competição Latino Americana de Robótica

Notícias

Estudantes de Engenharia Elétrica são campeões na Competição Latino Americana de Robótica

1º Lugar

Vaga garantida para mundial
por Eliane Vieira publicado: 12/11/2018 09h50 última modificação: 14/11/2018 12h05

Os estudantes de Engenharia Elétrica do Campus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Arthur Barreto e Carolina Salgado, foram os grandes campeões da Competição Latino Americana de Robótica (LARC), realizada entre os dias 6 e 10 de novembro em João Pessoa – Paraíba.

Os estudantes fazem parte da Equipe Gênesis de Robótica do Campus Palmas e são orientados pelos professores Wendell Moura Costa, Maxwell Moura Costa e Marcus André Pereira Oliveira. Arthur e Carolina conquistaram o troféu de 1º lugar na modalidade RoboCup Festo Logistic, com o Robotino. A equipe do Campus Palmas superou equipes de diversas instituições de ensino superior do Brasil, entre elas a Unicamp, a UFMG, o IFPB e o IFRN. Com a vitória os estudantes garantiram uma vaga para o mundial de robótica, a RoboCup 2019 , que será realizada em julho do próximo anos em Sydney, na Austrália.

“Até agora não estou acreditando. Foi muito bom. Uma experiência incrível”, conta o estudante Arthur Barreto sobre a conquista. De acordo com ele a equipe esperava estar no pódio, mas o 1º lugar era um sonho. “Nós não esperávamos. Sabíamos que tínhamos ficado no pódio, mas não sabíamos em qual posição, porque é uma competição muito apertada nos três primeiros lugares. Quando chamou a gente em 1º lugar foi muita alegria”, comemora Arthur.

Para a estudante Carolina Salgado a conquista foi muito importante porque mostra que o esforço e dedicação da equipe tem valido a pena. “Essa vitória foi muito importante, pois mostra que o nosso trabalho e empenho tem valido a pena. Muitas vezes sacrificamos algumas horas que temos para fazer outra coisa ou descansar para dedicar ao nosso robô e com essa vitória vemos que esta tendo resultado”, destaca ela que adianta que a equipe pretende dar um passo a mais. “Queremos dar um passo a mais. Mudar nossa forma de programação para uma mais difícil e trabalhosa. Tendo em vista que já chegamos até aqui agora não vamos parar”.

Um dos orientadores da equipe, o professor e diretor geral do Campus Palmas, Wendell Costa, enfatiza que o resultado é muito importante tanto para os estudantes quanto para o IFTO. “Esse resultado é muito importante, pois desde 2016 nos trabalhamos com esses estudantes nos projetos de robótica. Eles se dedicam muito aos trabalhos e em 2017 já ficaram em terceiro lugar nessa mesma competição. Esse resultado é inédito para o Campus Palmas e para o IFTO. É um estimulo para que eles possam continuar se dedicando os outros campi do IFTO também invistam nesta área da robótica”, finalizou o professor.