Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Estudante do IFTO tem artigo publicado em portal da UOL

Notícias

Estudante do IFTO tem artigo publicado em portal da UOL

Ativismo juvenil

Rhenan Cauê cursa Redes de Computadores na unidade de Araguatins e ativista ambiental
por kelinne Guimarães publicado: 28/03/2022 20h28 última modificação: 19/10/2022 11h11

 

A importância do engajamento juvenil frente a crise climática em que vivemos foi tema de um artigo publicado no portal da UOL, no domingo, 27 de março, escrito por Rhenan Cauê Barbosa. O texto faz parte de uma série de quatro publicações, que serão divulgadas neste ano. As publicações são resultados da participação do jovem ativista ambiental, no prêmio Ecoa promovido pela UOL, no qual ele foi finalista. Rhenan tem 16 anos e é estudante do 2º ano do curso de Redes de Computadores, da unidade de Araguatins do IFTO.

Não é de hoje o interesse de Rhenan pelas questões relacionadas à preservação do meio ambiente. Com 11 anos ele participou de um projeto de revitalização do córrego Brejinho, um afluente do Rio Araguaia, que corta o município de Araguatins. Graças ao projeto, que mobilizou dezenas de araguatinenses, o jovem ambientalista teve reconhecimento nacional e internacional, participou de uma conferência internacional na Armênia. Além disso, foi um dos  nove brasileiros escolhidos para participar do Programa Jovens Transformadores Ashoka, considerada uma das cinco ONGs de maior impacto social no mundo. Rhenan foi, também, homenageado no quadro Inspiração, no programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo, em 2021.

Rhenan conta que o despertar para as questões ambientais ocorreu na sua infância, após ele presenciar um incêndio na chácara em que morava, o qual vitimou alguns animais. “Ver minha chácara em chamas me fez procurar formas de estudar e preservar o meio ambiente”, destacou Rhenan.
Quando questionado sobre planos para o futuro, o estudante afirma que deseja continuar envolvido com ações que amenizem a crise climática e ambiental, mesmo escolhendo como profissão a medicina. “Eu creio que todas as profissões podem fazer algo em relação ao meio ambiente. Quando eu for médico, eu posso, por exemplo, criar um projeto que diminua o lixo hospitalar”, frisou o estudante.

O artigo escrito por Rhenan pode ser acessado clicando aqui.