Você está aqui: Página Inicial > Notícias > DAE e Caid promovem ações de conscientização na unidade

Notícias

DAE e Caid promovem ações de conscientização na unidade

Campus Avançado Pedro Afonso

Comunidade recebe palestras e atendimentos
por Mayana Matos publicado: 26/06/2017 00h00 última modificação: 26/06/2017 10h30

O Campus Avançado Pedro Afonso, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), recebeu na quarta-feira, 14, o I Encontro de Integração entre os membros da Diretoria de Assistência Estudantil (DAE) e Coordenação de Ações Integradas de Inclusão e Diversidade (Caid) do Instituto.  O objetivo do encontro foi repassar aos servidores e alunos informações sobre estudantes com necessidades específicas, esclarecer dúvidas, realizar atendimentos àqueles em estado de vulnerabilidade e orientar docentes quanto aos assuntos referentes aos setores envolvidos.

Participaram da ação o enfermeiro Fernando Vasconcelos, a psicóloga Milena Thomazi e a coordenadora do Caid, Hérica Aguilar.  Na ocasião, o enfermeiro Fernando ministrou palestra sobre as principais infecções sexualmente transmissíveis (IST's). O profissional abordou as manifestações clínicas de cada doença, as formas de prevenção e deu enfoque à desmistificação de alguns tabus, em especial no que diz respeito a Aids, demanda esta apresentada pelos professores. Na oportunidade foi realizada uma oficina com os estudantes sobre como utilizar o preservativo nas relações sexuais. Cada estudante pode manusear o preservativo masculino e tirar as dúvidas sobre seu uso. 


“Essas ações de educação em saúde são extremamente importantes, pois elas evitam que o agravo ou doença chegue ao indivíduo. Além de proporcionar conhecimento para o autocuidado. Informação sobre sexo ou uso da camisinha não é incentivo, é prevenção. Quanto mais conhecimento o adolescente tiver, apresentará menos comportamento de risco”, declarou.

A psicóloga Milena Tomazzi atendeu alguns alunos já previamente agendados e destacou que “o atendimento psicológico nos campi vem como suporte à equipe pedagógica, no intuito de promoção da saúde, isto é, é um trabalho preventivo, voltado a evitar fatores de risco. O psicólogo é um profissional que contribui com o processo de ensino e aprendizagem como um todo, a fim de conseguir um melhor desempenho escolar, motivação e engajamento dos estudantes”, afirmou.


Hérica Aguilar, coordenadora do Caid, tratou com os professores o tema Educação Inclusiva. “As formações pedagógicas são imprescindíveis para ações assertivas aos trabalhos. Para tanto, foi realizada uma roda de conversa inclusiva com servidores no Campus Avançado Pedro Afonso. Um dos pontos principais pontos foi a discussão referente a “Deficiência Intelectual”, já que o campus tem um estudante matriculado com essa deficiência. O resultado da roda de conversa foi satisfatório. Obtivemos encaminhamentos, conseguimos através de reflexões construir novas possibilidades pedagógicas para ações em sala de aula", destacou.