Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Conif e Embrapa firmam acordo de cooperação para inclusão tecnológica

Notícias

Conif e Embrapa firmam acordo de cooperação para inclusão tecnológica

Parceria

Como integrante da Rede Federal, IFTO é uma das instituições signatárias
por publicado: 12/07/2019 08h29 última modificação: 12/07/2019 08h33

Por Marcus Fogaça

A assinatura do acordo de cooperação entre o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) ocorreu na abertura da 97ª Reunião Ordinária do colegiado, nesta terça-feira, no início de julho, em Brasília. Com isso, as duas entidades se comprometem a executar novas ações que irão democratizar e ampliar o acesso de estudantes e produtores rurais a pesquisas, publicações e tecnologias.

Para a Rede Federal, a parceria é estratégica, segundo análise do presidente do Conif e reitor do Instituto Federal de Goiás (IFG), Jerônimo Rodrigues da Silva. “A Embrapa tem um acervo de conteúdo significativo, com livros, vídeos e pesquisas, por exemplo. Todo esse material irá complementar o que é ensinado dentro de nossas instituições”, disse. “Esse é só o começo da parceria. É um grande momento para as duas entidades e para o desenvolvimento da cultura agrícola no Brasil”, complementou.

Além do acesso às plataformas de conhecimento da Embrapa, os estudantes e professores da Rede Federal também poderão conhecer e estudar quase 200 espécies vegetais que foram melhoradas geneticamente. Com materiais disponibilizados pela Empresa, a parceria prevê ainda a instalação de dez Unidades de Referência Tecnológica nas instituições associadas ao Conif. Os espaços serão espalhados pelo País e vão atender diferentes institutos federais. 

Durante sua fala ao Pleno do Conif, o diretor-executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Cleber de Oliveira Soares, destacou a capilaridade da Rede Federal e ressaltou que o propósito central da parceria é a união de agendas e esforços para levar conhecimento tecnológico e transformação para o meio rural brasileiro. “As instituições da Rede Federal chegam a muitas regiões que não conseguimos ir e podem nos ajudar a difundir o conhecimento a quem de fato precisa. Os 42 centros de pesquisa da Embrapa estão à disposição”, concluiu. (Assessoria de Comunicação do Conif)

Benefícios dessa parceria

Esse Acordo de Cooperação Técnica irá viabilizar a realização de ações conjuntas entre a Embrapa e o Conif, fortalecendo e beneficiando ambas as instituições. Por um lado, o Conif, por meio de suas unidades da federação, terá acesso aos ativos de inclusão tecnológica e conhecimentos produzidos pela Embrapa. Por outro lado, a Embrapa contará com a infraestrutura do Conif para multiplicar e distribuir seus materiais propagativos aos agricultores familiares, facilitando a inserção dos ativos de inclusão tecnológica da Embrapa no mercado com a Disponibilidade de Cultivares adequados para a inclusão sócioprodutiva.