Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Comunidade pode participar de consulta para oferta de novos cursos

Notícias

Comunidade pode participar de consulta para oferta de novos cursos

Pesquisa de demanda

por Thâmara Filgueiras publicado: 15/06/2022 10h02 última modificação: 15/06/2022 10h40

As sociedades estão em constante transformação e para acompanhar e atender às novas demandas profissionais que surgem dessas mudanças, o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) vem sempre buscando atualizar a oferta de cursos. Com esse objetivo, a unidade de Colinas do Tocantins realiza uma consulta pública para conhecer as demandas da região.

Todas as pessoas são convidadas a responder à pesquisa de demanda por meio do preenchimento do formulário disponível online. As respostas servirão de base para o estudo de viabilidade da abertura e oferta de novos cursos na unidade, que será conduzido por uma comissão criada com esse objetivo.

Atualmente, o Campus Colinas do Tocantins oferta os cursos técnicos integrados ao ensino médio em Informática e Agropecuária e os cursos superiores em licenciatura em Computação e bacharelado em Engenharia Agronômica. A expansão da oferta de cursos tem como objetivo disponibilizar formações que atendam às demandas local e de regiões circunvizinhas.

A proposta inicial consiste na oferta de cursos superiores e de pós-graduação nos eixos de Informação e Comunicação, Pedagogia e Recursos Naturais.

Participação da comunidade

Laercio Pontin Junior, que integra a comissão, reforça que a participação da comunidade é importante nesse momento em que a unidade estuda a ampliação da oferta de cursos. “O Instituto, hoje, vem se reformulando, após as diversas mazelas sofridas pela população durante o período pandêmico. Neste momento, vemos como é importante verificar os anseios da população em suas identidades profissionais", afirmou.

Ele ressaltou, ainda, que a participação da comunidade no preenchimento do questionário possibilitará "elaborar caminhos e metas a serem seguidas nos projetos futuros do campus". E completou que a participação da comunidade "é importante nesse processo ao nos dar um retorno daquilo que anseia, daquilo que deseja, que necessita que a nossa instituição atenda e possa oferecer cursos e trabalhar com mais qualidade de modo que supram seus anseios”.

A comissão é composta também por Edinho Benésio dos Santos, Eliane Mittelstad Martins de Souza, Raphael Pavesi Araújo e Vilson Soares de Siqueira.