Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Paraíso do Tocantins recebe espetáculo de dança-teatro inspirado em poesias de Fernando Pessoa

Notícias

Campus Paraíso do Tocantins recebe espetáculo de dança-teatro inspirado em poesias de Fernando Pessoa

CULTURA

A entrada é gratuita.
por publicado: 14/11/2018 15h21 última modificação: 14/11/2018 15h23

O coletivo de criação cênica Agulha Cenas apresenta nesta quarta-feira, 14, a partir das 20h, o espetáculo de dança-teatro “No Ciclo Eterno das Mudáveis Coisas”. A apresentação acontecerá no hall de entrada do auditório do Campus Paraíso do Instituto Federal do Tocantins (IFTO). A entrada é gratuita e aberta para a comunidade.

A apresentação integra a circulação do grupo ao longo do mês de novembro, por cidades do interior do Tocantins. No dia 21 de novembro, a apresentação será em Gurupi. No dia 6 de novembro, a cidade de Porto Nacional recebeu o espetáculo.

Em todas as cidades que passa, o coletivo também realiza oficina gratuita para estudantes e profissionais das artes cênicas. Em Paraíso, a oficina aconteceu no campus  do IFTO, com a participação de estudantes da unidade.

O projeto tem patrocínio do Banco da Amazônia S.A., com apoio da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e do Instituto Federal do Tocantins (IFTO).

Espetáculo

Trata-se de um espetáculo solo de dança-teatro, criado pelo coletivo Agulha Cenas e interpretado pela bailarina Renata Oliveira. As cenas foram desenvolvidas a partir de poemas breves de Fernando Pessoa que, abordados de maneira pessoal e subjetiva pelos criadores do espetáculo, mostram-se extremamente férteis diante da releitura e recriação cênica. A apresentação é uma metáfora das fases e estados emocionais que o ser humano vivencia em sua jornada de formação pessoal. 

Sinopse

Uma mulher apreensiva, espera pela chuva, apenas para ser surpreendida por sua beleza e efemeridade. Antes que, inevitavelmente, volte a chover, ela irá se deparar com outras sensações e durações. O espetáculo aborda os ciclos de vida e a necessidade de mudar constantemente para permanecer sendo a mesma pessoa. Apresenta imagens, movimentações, diálogos e canções compostas a partir de poemas breves de Fernando Pessoa. 

Histórico

O espetáculo já foi selecionado para fazer parte da programação do II Festival de Solos e Monólogos de Palmas (2018) e do I Festival Internacional Corpo Expandido (2017). Foi também contemplado com recursos do Fundo Municipal de Cultura para apresentações em Palmas, no segundo semestre de 2018. O patrocínio do Banco da Amazônia S.A. viabiliza que o espetáculo chegue pela primeira vez em cidades do interior do estado do Tocantins.  

Fonte: Assessoria Agulha Cenas.