Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Paraíso do Tocantins prepara a V Espanglish

Notícias

Campus Paraíso do Tocantins prepara a V Espanglish

Feira de idiomas

Evento conta com apresentações de dança e manifestações culturais típicas de países onde são falados o inglês e o espanhol.
por publicado: 25/09/2017 15h00 última modificação: 25/09/2017 15h38
Colaboradores: Lúcia Gomes

Acontece na próxima sexta-feira, 29, às 19h, a quinta edição da Espanglish, a feira de idiomas do Campus Paraíso do Tocantins do Instituto Federal do Tocantins (IFTO). Este ano, o evento vai acontecer no estacionamento da Paróquia São José Operário, localizada na Rua Araguaia, 749 – Setor Oeste da cidade. 

A Espanglish, que já se tornou tradição no campus, é uma verdadeira mostra de talentos. Isso porque os alunos de todas as turmas do ensino médio se envolvem na produção e realização de apresentações de dança e manifestações culturais típicas de países onde são falados o inglês e o espanhol. 

A preparação já começa logo após o sorteio dos países, que aconteceu há cerca de um mês. Primeiro vem a fase das pesquisas, momento em que os estudantes se dedicam a estudar as características dos países e decidir sobre o que farão para representá-lo e depois chega a etapa dos ensaios, em que efetivamente preparam as apresentações. 

Cada turma fica encarregada de pesquisar e apresentar ao público as peculiaridades do seu país e com um diferencial bastante marcante no evento, eles devem fazer isso utilizando o idioma do país. 

Maria Eduarda Rocha Souza Oliveira, do 1º ano do curso de Agroindústria, revelou que a intenção é sempre dar o melhor e surpreender o público. A turma dela apresentará as características da Inglaterra. Maria Eduarda contou que gosta muito da ideia da Espanglish. “A gente aprende de um jeito divertido”. Júlia Morais de Castro, do 2° ano de Meio Ambiente, ressaltou que sua equipe está focada para fazer boas apresentações. 

Segundo a professora Graziani França, uma das organizadoras da Espanglish, o evento permite a aprendizagem na língua estrangeira nas quatro habilidades: leitura, escrita, oralidade e auditiva. “Desde a primeira Espanglish conseguimos ver a evolução dessa aprendizagem e principalmente o empenho deles em falar o idioma estrangeiro já que na feira o uso dela obrigatório”, destacou. 

Graziani reforçou ainda que esse é um projeto interdisciplinar, que envolve não só o ensino de línguas. Ela explica que as pesquisas feitas pelos alunos abrangem artes, história, biologia, geografia, tecnologia da informação e até física e química, demonstrando que é possível aprender de maneira globalizada. 

A entrada é gratuita e aberta a população em geral, além das apresentações haverá estandes com exposição de fatos históricos, comidas e bebidas típicas de cada lugar.