Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Palmas leva luz e dignidade a idosos da Casa do Idoso Tia Angelina

Notícias

Campus Palmas leva luz e dignidade a idosos da Casa do Idoso Tia Angelina

Ação social

A atividade fez parte do Projeto Social de Inclusão Digital (Psid), realizado na unidade
por publicado: 22/06/2017 15h47 última modificação: 22/06/2017 15h47
Colaboradores: Eliane Vieira
Estudantes e professores realizam revitalização da energia elétrica na casa de idosos

Estudantes e professores realizam revitalização da energia elétrica na casa de idosos

Um dia de solidariedade. Foi assim o último domingo, 18, de cerca de 70 estudantes e professores dos cursos de capacitação profissional oferecidos pelo Campus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), que promoveram uma ação solidária na Casa do Idoso Tia Angelina, em Porto Nacional. Na ocasião, foi realizada a revitalização das instalações elétricas da casa de idosos, durante uma aula prática.

Os estudantes e professores, que integram o Projeto Social de Inclusão Digital (Psid) promovido pelo Campus Palmas, realizaram a ação após uma visita do coordenador do projeto, professor Max Obeso, à instituição. Durante a visita, o coordenador percebeu a precariedade e até mesmo a falta de instalações elétricas na casa de idosos. "Não havia energia elétrica na sala de jantar, por exemplo. Os idosos comiam no escuro. No perímetro externo também não havia nenhuma luz. Era um verdadeiro breu", conta o coordenador.

Durante a ação foi realizada a revitalização das instalações elétricas de toda a instituição, com a instalação de luminárias, interruptores e tomadas. Entre as dependências que receberam “luz” estão todo o perímetro externo da casa de idosos, corredores, sala de jantar, cozinha e quartos. Foi realizada, ainda, a substituição das instalações elétricas dos banheiros, que não funcionavam adequadamente, o que não permitia que os idosos utilizassem o banheiro a noite.

Durante a revitalização das instalações elétricas, os idosos receberam carinho e atenção em momentos de recreação realizados pelos estudantes dos cursos de Etiqueta Profissional e Noções de Segurança do Trabalho, também promovidos pelo Psid.

Levando luz e dignidade

Para o diretor-geral do Campus Palmas e participante da ação, professor Octaviano Sidnei Furtado, a ação, além de disseminar a solidariedade, é de grande importância no processo de qualificação. “Além da solidariedade, os nossos estudantes tiveram a oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos na sala de aula e nos laboratórios em locais que de fato necessitavam dos serviços executados”, destacou o diretor.

O coordenador Max Obeso completou que “foi um dia de alegria para todos, e foi uma ocasião muito importante para os nossos alunos perceberem a necessidade de contribuir para a questão social, já que este aluno é atendido por uma ação social no nosso projeto. Por meio dessa ação, nossos estudantes puderam retribuir o que recebem à sociedade e para nós, como professores, foi um momento de tentar instituir multiplicadores do bem”, frisou.

O material para realizar os reparos elétricos na instituição teria um custo de cerca de R$ 2 mil, mas todo o material foi conseguido por meio de doações feitas pelos próprios estudantes e professores do Projeto Social de Inclusão Digital (Psid) e pelas empresas privadas de Palmas, com destaque para as doações feitas pela Ferpam, Encanel e Construtora Kikari.

Ação social

A ação social realizada pelo Campus Palmas na casa de idosos foi promovida por meio de uma iniciativa da unidade, que disponibiliza os serviços de pedreiro iniciante, instalações elétricas e hidrossanitárias para entidades filantrópicas.

As demandas são atendidas gratuitamente por meio de aulas práticas das turmas dos cursos de extensão de Pedreiro Iniciante e Instalações Elétricas Residenciais e Hidrossanitárias, ofertados pelo Campus Palmas por meio do Projeto Social de Inclusão Digital (Psid).