Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Dianópolis recebe doação de 50 novilhas de gado nelore para seu rebanho

Notícias

Campus Dianópolis recebe doação de 50 novilhas de gado nelore para seu rebanho

Parceria

Doação foi feita pelo Campus Araguatins e visa à estruturação da pecuária
por Filipe Borges publicado: 19/10/2020 09h20 última modificação: 19/10/2020 09h27

A suspensão das atividades presenciais nos campi não foi razão para paralisação total dos trabalhos no Instituto Federal do Tocantins (IFTO). Baseada nessa premissa, os campi Dianópolis e Araguatins firmaram uma parceria de doação na última semana.  

Liderada pelo diretor-geral, professor Pietro Lopes Rêgo, e pelo coordenador de Pesquisa e Extensão, Otacílio Silveira Júnior, uma comitiva do Campus Dianópolis cruzou o estado até a cidade de Araguatins para receber a doação de 50 novilhas de gado nelore. A doação foi feita pelo diretor-geral, Josafá Carvalho Aguiar, com a intenção de aumentar o rebanho produtivo de bovinos no campus. Os animais servirão tanto para a estruturação da pecuária quanto para o desenvolvimento das atividades do curso de Engenharia Agronômica de Dianópolis. Em um segundo momento, conforme o diretor-geral Pietro, os animais servirão para fornecimento de carne para a alimentação dos alunos. 

“O início do ano letivo de 2021 será marcado pela inauguração do nosso refeitório que entregará mais de 500 refeições diárias para os nossos estudantes. Parte dos alimentos serão produzidos aqui mesmo, e essa doação certamente vai contribuir de maneira significativa para que possamos ter proteína animal em nosso cardápio durante todo o ano letivo”, afirmou o diretor. 

As novilhas já se encontram nos pastos do Campus Dianópolis, cujo diretor-geral, Pietro Rêgo, fez questão de reiterar seus agradecimentos ao Campus Araguatins na pessoa do seu diretor-geral, Josafá Carvalho Aguiar. 

“Somos imensamente gratos pela doação e certamente teremos a oportunidade de retribuir a gentileza muito em breve. E assim o faremos. O agradecimento especial vai para o professor Josafá que nos recebeu com muita cordialidade e nos ajudou em todo o processo de logística”, finalizou o diretor.