Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Campus Avançado Formoso do Araguaia firma parceria com a Apae local

Notícias

Campus Avançado Formoso do Araguaia firma parceria com a Apae local

Convênio

Unidade vai auxiliar na manutenção da hora da associação
por Mayana Matos publicado: 17/02/2017 10h40 última modificação: 17/02/2017 10h46

O Campus Avançado Formoso do Araguaia, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), firmou parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Formoso do Araguaia, com o objetivo de implantar um módulo de estudos em Agroecologia na escola da associação.

 

De acordo com a diretora da Apae do município, Arlete Abreu, a instituição atende mais de 50 estudantes em diferentes modalidades de inclusão de pessoas com deficiência intelectual e múltipla, e outras atividades de cunho socioeducativo. Uma das dificuldades apontadas pela diretora se refere à manutenção da horta, que serve também como espaço de convivência e aprendizagem aos alunos da instituição. “Ficamos sabendo do núcleo de agroecologia do IFTO e buscamos ajuda para conseguir expandir nosso projeto. A parceria é de suma importância para ampliarmos nossos conhecimentos na área e garantirmos um atendimento com mais qualidade”, enfatizou.

 

Segundo o diretor do campus, Dêmis Carlos Menezes, a ação faz parte da missão do IFTO e o espaço servirá para colocar em prática as ações do projeto do Núcleo de Estudos Agroecológicos (NEA) da unidade. Dêmis destaca que a parceria vai além das técnicas de manutenção da horta escolar, visto que irá contemplar também a jardinagem, compostagem, criação de abelhas e minhocário. “No NEA, contamos com técnicos, professores e estudantes de Formoso do Araguaia e ainda com o acompanhamento do professor Rodrigo Tavares, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), profissionais que abraçaram a causa e estão motivados a promoverem as ações necessárias aos pleitos”, disse.

 

A parceira entre o IFTO e a Apae de Formoso do Araguaia foi muito bem aceita pela comunidade local, com grande repercussão nas redes sociais, conforme ressalta a professora Pollyanna Azevedo, também da Apae, que relata a avaliação dos integrantes da associação.  "A equipe e os estudantes ficaram felizes com a primeira visita e com as possibilidades que a parceria vai oferecer para a instituição", citou.