Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Batalha Naval Química Adaptada à Libras recebe premiações

Notícias

Batalha Naval Química Adaptada à Libras recebe premiações

O projeto Batalha Naval Química Adaptada à Libras, desenvolvido pelo IFTO, na unidade de Gurupi, recebeu prêmio de melhor prática educativa de inclusão no III Expociências, no Campus Grajaú, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A iniciativa também foi premiada com Menção Honrosa no “XXXVII Encontro Nacional dos Estudantes de Química (ENEQUI)”, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
por Mayana Matos publicado: 31/01/2019 10h00 última modificação: 31/01/2019 10h47

O projeto Batalha Naval Química Adaptada à Libras, desenvolvido pelo Instituto Federal do Tocantins (IFTO), na unidade de Gurupi, recebeu o segundo lugar no prêmio de melhor prática educativa de inclusão no III Expociências, evento realizado no Campus Grajaú, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), no final de 2018. A iniciativa também foi premiada com Menção Honrosa no evento “XXXVII Encontro Nacional dos Estudantes de Química (ENEQUI)”, realizado no período de 13 a 19 de janeiro, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O projeto é desenvolvido pelo professor Frankinaldo Lima. Com o intuito de ampliar a base sobre Química de um aluno surdo, o professor buscou uma metodologia que fosse voltada à inserção de discentes com a deficiência auditiva e a surdez. "O que nós fizemos foi construir um jogo didático com a tabela periódica em Libras para atender à necessidade e passar os conhecimentos de Química para o nosso aluno surdo”, destaca o professor.