Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aulão de Ecologia, mesa redonda e oficinas marcam data no Campus Palmas

Notícias

Aulão de Ecologia, mesa redonda e oficinas marcam data no Campus Palmas

Dia Mundial do Meio Ambiente

Estudantes promoveram diversas atividades
por Eliane Vieira publicado: 05/06/2019 18h14 última modificação: 05/06/2019 18h31
Exibir carrossel de imagens Diversas atividades foram realizadas

Diversas atividades foram realizadas

Celebrado nesta quarta-feira, 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente teve programação especial no Campus Palmas, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO). A programação, organizada pelos estudantes do 3º ano do Ensino Profissional Integrado ao Médio em Controle Ambiental, reuniu estudantes e professores da unidade.

Quem acompanhou a programação no Auditório Central, conferiu a apresentação da peça de teatro Anti-Ambiente. Além disso a mesa redonda “Desafios da gestão de resíduos sólidos” também foi realizada. Os presentes participaram ainda de um animado Quiz e puderam conferir a palestra “Água, conhecer para preservar”. A programação da manhã foi fechada pelo Aulão de Ecologia e impactos ambientais, voltado para o ENEM. A tarde os estudantes promoveram ainda uma oficina de confecção de brinquedos com materiais recicláveis e o plantio de mudas.

A coordenadora do curso, professora Claudia Rezende,  destacou que a programação surpreendeu pela participação e envolvimento dos estudantes. “Os estudantes abraçaram a programação, que foi muito bem recebida pela comunidade e contou com uma boa participação. Essa programação é importante porque sensibiliza a nossa comunidade interna para que se possa analisar a realidade do meio ambiente e pensar em como agir no sentido de promover a preservação e a conscientização da comunidade em geral”, ressaltou a professora.

Para a estudante Vitoria Wermuth o envolvimento com a data faz toda diferença na formação. "Acredito que nós, como futuros técnicos de Controle Ambiental, sentimos a necessidade de uma maior visibilidade para as questões ambientais atualmente, visto que o Brasil não coloca tal questão em primeira pauta. Promovendo esse evento de extrema importância, nós buscamos conscientizar/sensibilizar e informar os estudantes do médio e superior, trazendo a discussão para a mesa, a respeito dos desafios que a geração de lixo consumista gera, e dos problemas derivados que afetam especialmente os recursos hídricos, nosso principal recurso nacional. Além disso, o evento auxilia nossa formação acadêmica, o primeiro contato forte com a Educação Socioambiental, acredito que, tornando-nos futuros profissionais com maior qualidade e experiência", finalizou.