Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aula presencial do curso “Aprendizagem baseada em problemas e projetos (PBL)” é iniciada no IFTO

Notícias

Aula presencial do curso “Aprendizagem baseada em problemas e projetos (PBL)” é iniciada no IFTO

Finlândia

A capacitação tem o objetivo de compartilhar uma forma de ensino diferenciada, adotada por países como a Finlândia
por Mayana Matos publicado: 16/09/2016 08h18 última modificação: 13/12/2016 10h09

Iniciou nesta sexta-feira, 16, no auditório da reitoria do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), a primeira aula presencial do curso “Aprendizagem baseada em problemas e projetos (PBL)”, promovido por professores que participaram do Programa Professores para o Futuro III, na Finlândia.

A capacitação tem o objetivo de compartilhar uma forma de ensino diferenciada, adotada por países como a Finlândia, que é referência em educação no mundo, com professores e alunos dos cursos de licenciatura de campi do IFTO. Participam as unidades de Gurupi, Lagoa da Confusão, Porto Nacional, Palmas, Paraíso do Tocantins, Araguaína e Araguatins. O curso é online e conta com encontros presenciais. Segundo os professores, o foco do curso é mostrar uma metodologia trabalhada no processo de ensino-aprendizagem voltada para as competências e não para o conteúdo.

No IFTO, além da professora Erna Denzim, responsável pelo curso, os professores Marcos Balduíno e Jaimile Cunha, que também participaram do programa na Finlândia, são colaboradores do curso nos encontros presenciais. A capacitação é realizada em parceria com professores dos Institutos do Paraná, de São Paulo, do Sul de Minas, do Sul-rio-grandense.

A aula hoje é uma aplicação do projeto da Finlândia. Desenvolvemos um curso, tivemos mais de 115 inscritos, a maioria do IFTO. Esse curso faz parte do projeto que temos que desenvolver, que é a capacitação dos servidores na metodologia da problematização, aprendizagem baseada em problema, e aprendizagem baseada em projetos. Hoje é o primeiro encontro, agora estamos fazendo uma revisão daquilo que eles já viram na plataforma moodle. À tarde entraremos na metodologia baseada em problema. Queremos fazer com que eles vejam uma nova forma de trabalhar o conteúdo, uma nova forma de trabalhar o processo ensino-aprendizagem” esclareceu Erna.

Mais informações sobre o cronograma de atividades do curso estão disponíveis no link sobre o curso, acessível aqui.