Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Atendentes da BRK concluem curso de Libras ofertado pelo IFTO

Notícias

Atendentes da BRK concluem curso de Libras ofertado pelo IFTO

Inclusão

Formatura foi marcada por momentos de emoção e agradecimentos
por Mayana Matos publicado: 05/11/2018 13h00 última modificação: 05/11/2018 14h16

Foi realizado no sábado, 27 de outubro, no auditório da Reitoria, a formatura dos atendentes da BRK Ambiental que concluíram o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), ofertado pelo Instituto Federal do Tocantins (IFTO). O curso é fruto de uma parceria entre o Instituto e a BRK Ambiental, que tem o objetivo de promover inclusão e acessibilidade no atendimento da concessionária de água.

Para o reitor Antonio da Luz Júnior, o momento é de satisfação e alegria. "Temos, enquanto instituição pública, o compromisso de ajudar no desenvolvimento da nossa região, em todas as frentes, em todas as situações que vocês sentirem necessidade de parceria, em relação a toda a comunidade. Esse curso é um exemplo disso. Temos que fazer a nossa parte. Estou muito feliz de participar desse momento e agradeço-os muito por essa oportunidade", disse. 

Para o gerente operacional da  BRK Ambiental de Palmas, Rodrigo Ismael Lacerda, o momento de é de realização e comemoração. "Quero agradecer ao IFTO pelas parcerias. São profissionais que terão total condição de atender nossos clientes nas lojas. Esse é o objetivo da BRK, de aproximar cada vez mais dos nossos clientes. Estamos todos muito felizes", disse. 

O diretor de Ensino do Campus Palmas, Silas Lima, representando, na solenidade, o diretor-geral da unidade, Wendell Costa, ressaltou a importância do momento. "O Instituto Federal é uma instituição que busca incluir as pessoas, as que têm dificuldades de inclusão na sociedade. A gente já vem trabalhando isso no Campus Palmas. A gente entende que nossa função é essa, é oferecer à comunidade oportunidades de incluir os diferentes. Parabenizo a todos por essa parceria", declarou. 

Na ocasião, o defensor público Maciel Araújo Silva, representando o núcleo especializado de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública do Tocantins, parabenizou os envolvidas pela iniciativa. 

A concluinte do curso, Luciente Cassago, compartilhou da emoção de poder oferecer atendimento digno aos surdos. "Isso transformou totalmente a nossa visão de atendente. Temos condições hoje de acolher todos os clientes, sem distinção. Janelas se abriram para nós e especialmente para eles", disse ressaltando que todos os colaboradores que desejaram fazer o curso, assim o fizeram por livre e espontânea vontade. 

A capacitação foi ministrada pelos intérpretes Alini Alves, que também é coordenadora de Educação Inclusiva do Campus Palmas; Gilmas Reis, também do Campus Palmas e Eliete Costa, da Universidade Católica do Tocantins. O curso teve duração de três meses e foram capacitados 14 estudantes em Palmas.

“O que mais angustia as pessoas surdas não é a surdez em si, mas o obstáculo na comunicação que ela proporciona. A utilização da Língua Brasileira de Sinais é uma forma de garantir a preservação da identidade das pessoas e comunidades surdas. Além disso, contribui para a valorização e reconhecimento da cultura surda que, por tanto tempo, foi alvo da hegemonia da cultura ouvinte”, declarou a intérprete Alini Alves. Durante a formatura, Alini falou da emoção de poder colocar em prática esse projeto e contar com o apoio de todos.

Sobre o curso ofertado, Alini destacou que o mesmo “proporcionou para os alunos conhecimento de modo que atendam aos surdos de um jeito mais inclusivo e humano, atingindo-os positivamente na língua deles”. Os formando preparam uma apresentação teatral para homenagear a comunidade surda e ressaltar a importância do curso. 

Para o próximo ano está prevista a capacitação dos atendentes da concessionária nas cidades de Araguaína, Gurupi e Porto Nacional.